Pular para o conteúdo principal

LUANA FALA SOBRE SUA TRAJETÓRIA E SUA PAIXÃO PELO FUTEBOL FEMININO

Luana Paula Silva, mais conhecida como Profª Luana Paula tem 26 anos. Começou sua paixão pelo futebol ainda criança em Santos/SP. Brincava com os meninos, e sua mãe, não a recriminava, pois era do interior do Piaui e lá era normal as meninas e os meninos brincarem juntos..
Luana no Sport Tv


Durante o período do ensino fundamental participou de muitos torneios escolares, e quase todos jogando com os meninos. Aconselhada pelos professores de Educação Física, Luana foi encaminhada no ano de 1997, para a primeira escolinha de futebol de campo feminino do Santos Futebol Clube, onde entrou em contato com Manoel Maria, ex-jogador do Santos, que era técnico das meninas do time juvenil e principal. A idade mínima era 15 anos, mas Luana começou com 12 anos, com a supervisão do Professor Kleiton Lima, passando depois para orientação dos professores: Michel Jean Bomand (Aux.Técnico de Manoel Maria), Elane dos Santos Rego e Solange dos Santos Bastos (ambas jogadoras profissionais do Santos Futebol Clube na época).

No Clube Regatas Santista, aos 14 anos, foi federada pela primeira vez, disputando jogos e campeonatos pela Liga Regional de Futebol de Salão do Litoral Paulista.

Sua mãe sempre acompanhou todos jogos, se mostrando uma mãe cuidadosa e uma admiradora da filha, e a técnica da época costumava dizer brincando: "Luana, quando você casar, sua mãe vai querer ir no carro, no meio de vocês pra Lua de Mel".



Começou sua carreira em Santos, como patrulheira, uma espécie de Office girl de escritórios de advogados. Depois atendente no Cinemark, em seguida vendedora júnior nas lojas Riachuelo. Com esses trabalhos conseguiu conquistar seu grande sonho de se formar na mesma faculdade que o Rei Pelé estudou, Faculdade Metropolitana de Santos.


Mesmo ouvindo de sua madrinha: "Pobre não fazia faculdade", não desistiu e batalhou por ser contratada como vendedora fixa da loja e conciliava seus horários com estágio no SESC Santos, que fazia na hora do almoço, auxiliava nas aulas de natação e hidroginástica. E voltava para a empresa correndo. Ainda arrumava tempo para algumas competições. Da loja foi para um estágio em uma escola particular em Santos e depois em 2005 passou num concurso de estagiária fixa no SESC Santos. Neste cargo ganhou experiência como professora e organizadora de eventos culturais e esportivos.

Com o troféu do campeonato paulista de
futebol feminino de 2007 titulo inedito do SFC


Em 2007 teve uma oportunidade de trabalho com o Técnico do time das “Sereias da Vila”, Kleiton Lima, como a primeira mulher preparadora fisica de um time profissional feminino. E ele aceitou, chamando-a a princípio como estagiária, pois era recém formada.



Luana em sua formatura, à esquerda


Publicou em 2007 um artigo sobre o Perfil Antropométrico de Mulheres Praticantes do Futebol Feminino Profissional – vejam no link http://www.cpmartim.netne.net/index.php/perfil-antropometrico-de-mulheres-praticantes-de-futebol-feminino-profissional/


Foi chamada pra palestrar sobre o tema.


Luana palestrando na OAB de Santos -SP








Em janeiro de 2008 começou um projeto com as meninas de 8 anos, de iniciação no futebol feminino no Santos Futebol Clube. Mas devido outras propostas, teve que deixar o projeto.



Em final de 2008 recebeu proposta do coach Francisco Cardoso responsável pelo grupo selecionado American Soccer Girls and Galactics Women Soccer, equipes dos Estados Unidos, sub 20, de futebol feminino, foi indicada pela coach Oliveira que dirige uma equipe universitária de futebol feminino nos Estados Unidos. Trabalhou como integrante na comissão técnica, na função de preparadora física. O clube representou o USA durante a excursão e jogos pelo Chile, na mesma ocasião em que acontecia o Mundial Sub 20 de Futebol Feminino em 2008 durante os meses de Novembro a Dezembro de 2008.  




Luana deixa aqui seu exemplo de perseverança, e de acreditar em seus sonhos. Atualmente, continua seu trabalho como pesquisadora, palestrante e estudante.



Luana conclui com essa frase: “Tenho certeza que existem muitas mulheres que gostam do futebol feminino no Brasil, mas que devido ao preconceito, não assumem essa paixão pelo esporte, puro machismo da sociedade, que graças a Deus aos poucos estamos alcançando nosso verdadeiro lugar ao sol!”






LUANA PAULA SILVA
Educadora Física

SANTOS - São Paulo - BRASIL
Skype: lunotexas/ msn: lu_fefis@hotmail.com
Contato: (0xx13) 9122-2848











Comentários

Anônimo disse…
Legal Teresa, muito obrigado pelo espaço, espero servir de exemplo para muitas crianças e adolescentes, que sonham em cursar uma universidade e viver do esporte, descobri que não existe nada que seja impossível quando vc tem fé (em Deus e acredita em vc), foco e caráter, um dia a vitória chega, pode demorar mas um dia chega sim! Grande abraço e vamos seguir juntas nessa parceria, pode contar sempre comigo ;-)
Beleza de matéria, querida Tereza.

Sempre valorizando o esporte feminino, ainda sem o devido reconhecimento geral. Tenho cobrado das autoridades um olhar mais direto para as modalidades esportivas, praticadas pelas mulheres, aqui no Ceará.

Temos grandes atletas, como a galeira Dida, da Seleção Brasileira, que mora em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, mas sabemos pouco sobre as atuações dela.

Por isso, estamos linkados no blog. Você faz um importante trbalho. Parabéns!

Grande abraço.
www.jotalacerdacomenta.blogspot.com
mario santos disse…
Sou um fã incondicional da Prof Luana, seu trabalho é digno de admiração e aplauso, além de uma trajetoria pautada pela determinação e busca incansável pela melhoria contínua!
ana lucia santos disse…
(Goleira Dida) olá! Jota Lacerda muito obrigada querido.Fico feliz em saber q vcs estão procurando sempre uma saida para o futebol feminino no Brasil melhore.
parabens Luana pela menina guerreira q vc é. Q Deus abençoe a todos.
Azania Barbosa disse…
I am Brazilian and had the opportunity to study abroad through soccer. It is the dedication of people like you Teresa and Prof Paula that such opportunities have been reaching a growing number of Brazilian athletes. Excellent job with documenting the reality and relevance of women's soccer, and women's proficiency in all different areas. Thank you very much. Your effort is highly appreciated!!
Anônimo disse…
Thank you my friend Azania good lucky always ;-)

Postagens mais visitadas deste blog

LIVRO INFANTIL QUE ABORDA AS DIFERENÇAS É LANÇADO EM UBERLÂNDIA



No dia 12 de maio, foi lançado na Casa da Cultura de Uberlândia, às 19h30, o livro “Por que eu sou assim” da Editora Pérgamo. O livro escrito por Marta Fontoura, com origamis de Izete de Melo Silva, trata sobre as diferenças, e como a personagem central, uma margarida, descobre como lidar com esse dilema. A margarida quer saber porque nasceu margarida e não rosa. Nessa busca ela descobre uma maneira de entender a diversidade das flores e das pessoas. Segundo a autora, o livro pretende ajudar as crianças a entenderem e aceitarem o jeito de ser de cada uma.

O livro duplo, tem a história em um e no outro ensina como fazer origamis que servem para as crianças exercitarem a criatividade, fazendo também suas próprias ilustrações, as mesmas que estão no livro.







Uma excelente dica para pais, avós, tios, enfim, familiares presentearem e acompanharem as crianças na leitura e no feitio dos origamis. Também ótima ferramenta para qualquer instituição de ensino que queira trabalhar o tema de maneira…

BETHÂNIA – UMA NOVA FORMA DE TRABALHAR A DEPENDÊNCIA QUÍMICA

O Grupo Bahamas inaugura mais uma unidade em Uberlândia

Com o objetivo de expandir a rede na cidade de Uberlândia, o Grupo Bahamas reuniu nessa noite (15) terça-feira, em evento de relacionamento, fornecedores de todo Brasil, empresários, políticos e convidados especiais. A reunião foi na loja que será inaugurada amanhã, localizada à Avenida Cleanto Ribeiro Gonçalves, 600, no bairro Santa Rosa.


Segundo Nelson Junior, diretor de Marketing do Grupo Bahamas, a entrega da nova unidade ocorre em dois momentos. O primeiro momento é de relacionamento, onde os fornecedores podem ver o posicionamento de seus produtos e conhecerem a loja. O segundo momento é o evento de inauguração, que será quarta (16) às 13h, onde será aberto ao público consumidor em geral. O Grupo Bahamas trabalha com três bandeiras. Em Uberlândia a primeira loja foi Bahamas Mix, que é uma bandeira focada em vendas no atacado e varejo, a nova unidade do Santa Rosa é uma unidade de bandeira em formato de supermercado tradicional, e em fevereiro de 2016, será entregue a bandeira Emp…