Pular para o conteúdo principal

NEY MONTES... SAUDADES...

Dizem que pai é aquele que cria...Acho que o conceito de um pai, aquele que a gente não esquece mesmo que não esteja mais aqui entre nós, é muito maior do que aquele que cria....
Dar o alimento, o agasalho, o abrigo, sim, é muito importante.... Mas nada substitui sua atenção, seu carinho, seu olhar de orgulho, ou seu olhar de repreensão.
Suas histórias de pescaria, seus exemplos de como se deve portar na escola, no trabalho, na vida....
A sua presença naquele momento difícil onde você ouve: - Pode contar comigo filho(a), estou aqui.
Lembro-me de um dia, que queria muito ir para um Clube Esportivo, que meu pai era diretor social, o Pica-pau, em Araguari.... Era dia de semana, mas para mim era férias, mês de dezembro... Não entendia porque papai não podia ir lá, era diretor... Então me escondi no Corcel vermelho 72, carro tirado da loja novinho.... E lá fiquei esperando o carro parar... Quando vi, estava no estacionamento da Companhia Prada de Eletricidade... Descalça e com meu maiô vermelho. E apavorada fiquei lá por uns longos 5 minutos escondida. Até que abri a porta do carro, e alguém me viu e foi chamar meu pai... Ele apareceu no lance da escada e fez um gesto de “ai meu Deus”. E veio ao meu encontro... Pensei : “Agora estou perdida”... Então ele disse :
-Entre no carro. Depois perguntou: - Porque ficou escondida aí?
Respondi: Porque pensei que o senhor fosse para o clube....
– Minha filha, não faça mais isso, hoje o papai disse que precisava trabalhar não é?
Respondi – É....
– Então quando eu te disser que vou trabalhar, é porque vou mesmo.
Me deixou em casa e foi trabalhar.
O que me marcou é que, não precisou me dar um surra para eu aprender a lição... Tinha apenas 6 anos e depois jamais fiz de novo tal coisa.
Um dia percebi que seus cabelos estavam ficando brancos, o do entorno da cabeça, porque ele era calvo... Então com meus 7 anos comecei a chorar...
- O que foi minha filha?
- o senhor está ficando com cabelos brancos, não quero que morra...
Então com um sorriso disse:
- Ainda vai demorar muito para que isso aconteça. Tem gente que fica com os cabelos brancos novo ainda...
Custei a me acalmar porque lembro que ele era pra mim meu herói... E mesmo passando o tempo, ficando moça e casando... Ele continuou meu herói...
Tinha lá os seus defeitos, mas as qualidades eram tantas que nem dava pra perceber...
Quando ele foi pela primeira vez para o UTI, com sangramento no estômago pedi para Deus : - Por favor, deixe ele ficar pelo menos mais 15 anos por aqui, eu sei que o senhor precisa dele aí, mas deixe ele ficar mais... E Deus foi generoso e ele se recuperou...
E quando chegou a hora dele partir me lembrei do pedido pra Deus... Acho que o prazo acabou...E quando a gente olha na mesa, que tantas vezes vimos ele sentado, comendo e jogando migalhas para os cachorros a gente lembra daquela música “Naquela Mesa” de Sérgio Bittencourt...


Naquela mesa ele sentava sempre
E me dizia sempre o que é viver melhor
Naquela mesa ele contava histórias
Que hoje na memória eu guardo e sei de cor
Naquela mesa ele juntava gente
E contava contente o que fez de manhã
E nos seus olhos era tanto brilho
Que mais que seu filho
Eu fiquei seu fã
Eu não sabia que doía tanto
Uma mesa num canto, uma casa e um jardim
Se eu soubesse o quanto dói a vida
Essa dor tão doída, não doía assim
Agora resta uma mesa na sala
E hoje ninguém mais fala do seu bandolim
Naquela mesa ta faltando ele
E a saudade dele ta doendo em mim
Naquela mesa ta faltando ele
E a saudade dele ta doendo em mim


Pai não é aquele que apenas cria, e sim aquele que ama....

Comentários

Anônimo disse…
Oi, Te li, amei e chorei, pois tenho por meu pai o mesmo sentimento, estou mmuito triste por este ano ter magoado tanto meu pai, pensei que ele ia morrer de tanto desgosto, mas pai, é esse que mesmo triste te abre os braços e diz : vem filha me da um abraço e conte comigo pro que der e vier. Priavr2010@hotmail.com.beijao Pri.
wileraa disse…
Teresa,

Todos nos que lhe conhecemos sabemos da esposa virtuosa, da mãe omnipresente, da amiga dedicada, desse seu coraçãozinho de pipoca... puro, branco e virado do avesso. Desta vez vc enterneceu meu coração até às lágrimas. O sr.Ney é um pai orgulhoso por vocÊ, e por seus irmãos. Parabens a ele pelo pai que foi, tambem por ter tido você.
Vera Regina disse…
Tereza, sua crônica me fez sentir um aperto no coração, de saudades do Tio Ney, do meu pai Elmiro, e de todos os filhos do Otacílio, que foi "pai de todos", amado e nunca esquecido........
Hebert e Conceição disse…
Gostamos muito da sua homenagem,nós que o conhecemos e o admiramos.como era honesto e família,características raras nos dias atuais.abrs
Este comentário foi removido pelo autor.
Este comentário foi removido pelo autor.
Mariaci Nunes disse…
Querida Teresa, você foi privilegiada por ter um PAI que lhe supriu emtudo, que lhe ensinou e colaborou muito para hoje você ser o que é.Foi um presente de Deus. E como não enterramos sentimentos, tudocontinua, e as ligações se tornam mais intensas. Mais uma vez,cumprimento-a pela inspiração e pela grande sensibilidade em seucoração.Entendo seus sentimentos pois também fui privilegiada com um PAIespecial. Um abraço.
Rilva Maria disse…
Teresa Cristina, estou muito feliz e orgulhosa, pois sei o quanto lutou para realizar o sonho de seu pai. Acredite essa história de valorização será lembrada por todos os envolvidos com muito carinho e abrirá caminho a novas reportagens e estimulos de divulgações de vida.
´Siga em frente e sinta-se realizada .
Beijos da tia que torce e acredita em você!
Beijos,
17/08/2010
Marly Teresa Montes disse…
Teresa Cristina, como fiquei emocionada!
Quantos momentos vividos, que hoje só restaram na lembrança e coloridos em tons fortes de saudades!....
Só sente saudades que ama e, só deixa saudades, quem foi amor.


É lindo ver o amor e a cumplicidade que havia desde sua mais tenra idade, com seu pai. A "peraltice" tão inocente, ficou em segredo entre vocês. Ele não contou, sabia que a mamãe era "brava" demais.
Que lindo coração tem você, minha filha!
Deus a abençoe sempre.
Eu a amo e admiro demais!
Beijsssss
Mamãe
MARIA JOSÉ ZANINI TAUIL disse…
Amiga, esse PPS emocionou-me demais.
Uma linda história de amor, que ainda continua, pois só existe a ausência física. A lembrança
está repleta e bons e inesquecíveis momentos.
Meu carinho para ti e meu abraço à tua filha.
Ele deve ter sido um pai maravilhoso. Vê-se
pela ternura do trabalho.
Meu beijo!
Gilson Montes disse…
Tê, são tantas as memórias e ensinamentos... momentos que passaram desapercebidos até agora, que estamos em idade adulta e situação inversa temos, de forma clara, a importância do exemplo que nos foi dado por nossos pais. A expressão "berço de ouro" não deveria remeter aos bens materiais herdados mas, sim, ao caráter e formação que nos foi dedicada, nesse ponto somos milionários. Ao mesmo tempo que papai nos faz tanta falta, somos agraciados com a presença e ensinamento constante da mamãe.. seguindo sempre em frente!! Bjos - Gilson Montes -gmontes@adv.oabmg.org.br

Postagens mais visitadas deste blog

LIVRO INFANTIL QUE ABORDA AS DIFERENÇAS É LANÇADO EM UBERLÂNDIA



No dia 12 de maio, foi lançado na Casa da Cultura de Uberlândia, às 19h30, o livro “Por que eu sou assim” da Editora Pérgamo. O livro escrito por Marta Fontoura, com origamis de Izete de Melo Silva, trata sobre as diferenças, e como a personagem central, uma margarida, descobre como lidar com esse dilema. A margarida quer saber porque nasceu margarida e não rosa. Nessa busca ela descobre uma maneira de entender a diversidade das flores e das pessoas. Segundo a autora, o livro pretende ajudar as crianças a entenderem e aceitarem o jeito de ser de cada uma.

O livro duplo, tem a história em um e no outro ensina como fazer origamis que servem para as crianças exercitarem a criatividade, fazendo também suas próprias ilustrações, as mesmas que estão no livro.







Uma excelente dica para pais, avós, tios, enfim, familiares presentearem e acompanharem as crianças na leitura e no feitio dos origamis. Também ótima ferramenta para qualquer instituição de ensino que queira trabalhar o tema de maneira…

BETHÂNIA – UMA NOVA FORMA DE TRABALHAR A DEPENDÊNCIA QUÍMICA

O Grupo Bahamas inaugura mais uma unidade em Uberlândia

Com o objetivo de expandir a rede na cidade de Uberlândia, o Grupo Bahamas reuniu nessa noite (15) terça-feira, em evento de relacionamento, fornecedores de todo Brasil, empresários, políticos e convidados especiais. A reunião foi na loja que será inaugurada amanhã, localizada à Avenida Cleanto Ribeiro Gonçalves, 600, no bairro Santa Rosa.


Segundo Nelson Junior, diretor de Marketing do Grupo Bahamas, a entrega da nova unidade ocorre em dois momentos. O primeiro momento é de relacionamento, onde os fornecedores podem ver o posicionamento de seus produtos e conhecerem a loja. O segundo momento é o evento de inauguração, que será quarta (16) às 13h, onde será aberto ao público consumidor em geral. O Grupo Bahamas trabalha com três bandeiras. Em Uberlândia a primeira loja foi Bahamas Mix, que é uma bandeira focada em vendas no atacado e varejo, a nova unidade do Santa Rosa é uma unidade de bandeira em formato de supermercado tradicional, e em fevereiro de 2016, será entregue a bandeira Emp…